quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Feiticeira do amor



Foi com a luz do meu olhar

que te enfeiticei

fiz da tua resignação

uma revolução

te apaixonei!



Foi com o cheiro do meu corpo torneado

que te enfeiticei,

fiz do teu querer

uma festa(nossa)de prazer

fiz-te rei!



Foi com a melodia da minha voz

que te enfeiticei

falei-te com a voz da razão

acalmei o teu coração

te embalei!



Foi com a força do amor

que te enfeiticei

saboreaste a felicidade

conheceste o amor de verdade

quando te amei!

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Aqueles dias



http://meme.zenfs.com/u/d9916c1d55473e9673d2dc59dd5827bb0bbe0837.jpeg
Aqueles dias que esperei por ti
estava incompleta, reduzida
porque és o melhor que já senti
em todos os dias da minha vida…

Aquelas noites que te esperei à porta
ansiando a tua chegada
fizeram-me renascer de uma vivencia morta
iluminando a minha madrugada…

Aqueles momentos que fui o destino teu
deram-me alento e energia
ver-te chegar e colher um beijo meu
encheu o meu ser de alegria…

Aqueles abraços ansiosos que me entregaste
foram fortuna e tesouro
e cada vez que me amaste
tornei-me valiosa como ouro…




sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Temi viver



 
Eu hei-de aprender a viver vazia

tal como temi viver, a cada dia

sem abraços, sem carinhos, sem nada

num mundo, longe, sem gosto

lambendo as lágrimas do meu desgosto

chorando a cada cair de madrugada…

Eu hei-de aprender a esquecer meus sonhos

a matar, no meu rosto, sorrisos risonhos

a expulsar de mim as mágoas pintadas de dor…

Hei-de ser só resquícios de razão

que hão-de sufocar a grandeza do meu coração

calando em mim qualquer pedaço de amor…

Eu hei-de aprender a não mais ser

evitando as lembranças e a vontade de querer

ser alguém genuíno e amado…

Hei-de viver desejando que a morte

me leve, e com sorte

um dia serei apenas passado…


quinta-feira, 17 de outubro de 2013

O teu sentir



 
Chamam-te, poeta, de louco,
porque dizes em tão pouco
o que muito ser não é capaz,
despejas a alma num papel
e ao teu sentir és fiel,
vive intensamente teu coração fugaz.

Trazes na boca o coração
e enches as letras de emoção,
pintas em palavras o teu mundo;
choras e ris com o que sentes
e jamais negas e mentes
o teu sentir mais profundo…

Ousadia



Um dia
tomou conta de ti a ousadia.

Trouxe-te até mim
pousaste no meu jardim…

Um dia
tomou conta de ti a ousadia.

Acordaste na minha mente
repetidamente…

Um dia
tomou conta de ti a ousadia.

Ergueste bem alto a vontade do meu sonhar
e deste-me as estrelas salgadas de mar…

Um dia
tomou conta de ti a ousadia.

Ousaste caminhar, viver
ousaste me querer…

Um dia
tomou conta de ti a ousadia.

Agora és o meu dia mais ousado
querido, necessário… desejado…

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Espinhos


Cada lágrima que escorreu pelo meu rosto

escureceu a luz do sol-posto

matou em mim um pouco do meu amor;

desabrigaram o meu bem-querer

nasceram em meu olhar por eu sofrer

salgaram o doce gosto com dor…

Rolaram caladas

doentes,geladas

desesperadamente silenciosas,

transformaram o meu íntimo mais profundo

no lugar mais inóspito deste mundo

engoli a seco espinhos de rosas…

Nasceram por me sentirem falecer

e enquanto me molhavam deixei de querer

existir,sentir,respirar…

Rolaram caladas

doentes,geladas

a soluçar…

Lágrimas de tristeza aliviam o sofrimento

mas são como ácido,que por dentro,

destrói tudo à sua passagem…

E desejamos não existir

deixar de querer sentir

Finarmo-nos como uma aragem…


Cada vez…



Cada vez que eu vou dormir
chamo o teu nome baixinho
só para te ouvir
e sentir o teu carinho.
Cada vez que amanhece
chamo o teu nome com emoção
sinto teu corpo que me aquece
e incendeia-me de paixão.
Cada vez que eu respiro
todo o meu ser quer ser
o teu suspiro,
o teu prazer…

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

O tempo

 
Porque o tempo não para,eu digo:amo-te!
porque o tempo é incerto,eu digo:amo-te!
Porque o tempo talvez tenha o tempo contado,

eu digo:quero-te a meu lado!

Talvez por não querer perder mais tempo sem amar, 

sem beijar,sem sentir o abraço do amor, 
eu queira viver
tudo o que a vida me dá intensamente,honestamente e sem medo.


Porque o tempo não para,eu digo:amo-te!
porque o tempo é incerto,eu digo:amo-te!
Porque o tempo talvez tenha o tempo contado,

eu digo:quero-te a meu lado!