segunda-feira, 20 de abril de 2015

Temos sorte


Temos tanta sorte!

Temos saúde.
Temos um lar.
temos trabalho
temos alguém para abraçar…

Temos tanta sorte!
Temos amigos.
Temos praias. montanhas , o mar.
Temos alegria,
temos voz para falar!
Temos o mundo numa ilha.

Temos tanta sorte!
Temos serrados semeados,
temos água na torneira,
temos céus estrelados
temos uma casa de banho com banheira.

Temos tanta sorte!
Temos já férias marcadas.
Temos filhos risonhos
temos escolas e estradas
temos uma cama e muitos sonhos...

Temos tanta sorte!
Temos arco- íris coloridos
temos chuva, que rega a terra,
temos memórias e momentos divertidos.
Temos paz, não vivemos em guerra…

Temos (mesmo) tanta sorte!

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Tenha pressa...


Depressa!
Depressa!
Tenha pressa!


Quando a vida, calada, 
vai chegando, dia após dia, 
é um alerta de que está passando,
 caminhando agitada, 
correndo, 
apressada…


Depressa!
Depressa!
Tenha juízo!

Não perca um só momento, nem uma única brisa do vento... 
Solte um sorriso.

E pelo caminho, 
muitos hão-de dizer que será tão difícil viver, 
e que a vida dói, 
e que vamos morrer e que a dor nos destrói …
E é aí que devemos ter pressa, 

muita pressa, porque a vida não nos espera…
Pressa, para que a vida não nos esqueça…


Depressa!
Vá ver o Sol a aquecer o basalto 
ou a chuva molhar o asfalto, 
vá colher o aroma das flores 
ou percorrer todos os trilhos dos Açores. 

Vá a pé, vá de barco, 
de avião, mas vá! 
Vá! 
Vá de coração! 

Esqueça os conflitos, 
as lutas desnecessárias, 
deixe-se de atritos…
Ignore palavras vagas e ordinárias…Vá depressa!



Depressa!
Depressa!
Arregale os olhos para a vida!



“Abra “ bem os ouvidos.
Desperte todos os seus sentidos!
Sinta o seu coração pulsar.
Sinta as bochechas a corar!
Abra os braços para receber a vida.
Abra o espírito ao amor.


Pinte a sua vida.
Dê-lhe cor, 

dê-lhe emoção, 
arrepios, 
calores, 
aconchegos, frios, 
amores, filhos, 
abrigos, 
pássaros encantadores…

Aprenda a viver intensamente, 
seja mais grato,
seja mais urgente.
Seja mais humilde, seja mais gente…


Depressa!
Depressa!
A vida não recomeça, ela continua.
Ela é tão sensível e tão sua…


Tenha pressa de chorar, 
de sorrir, 
de aprender, 
de cantar. 
Tenha pressa de sentir, 
de ver, 
de viver, 
de existir…


Depressa!
Depressa!
Tenha pressa… de viver!